Como tratar o corrimento amarelo esverdeado e evitar problemas mais sérios

corrimento amarelo esverdeado

O Corrimento esverdeado ou corrimento amarelo esverdeado quando acompanhado de cheiro desagradável, coceira e ardência na região íntima pode ser sinal de Tricomoníase, uma infecção vaginal, ou de vulvovaginite, uma inflamação que ocorre em simultâneo na vulva e na vagina.

Na maior parte dos casos, o corrimento esverdeado vem quase sempre acompanhado de outros sintomas, sendo recomendado consultar o médico ginecologista logo que possível, para que este possa indicar o melhor tratamento.

Usualmente está associado a coceira intensa e odor desagradável, porém estes podem estar ausentes.

Também pode apresentar-se como corrimento amarelado, pastoso ou grosso e, muitas vezes, bolhoso.

A mulher também pode apresentar dor nas relações sexuais e ao urinar.

diagnóstico da tricomaníaseé realizado através do papanicolau ou após análise do líquido vaginal (Swab).

É importante frisar que a tricomoníase é considerada um doença sexualmente transmissível e o parceiro deve ser examinado e tratado.

Corrimento amarelo esverdeado: Principais causas

corrimento amarelo esverdeado

Tricomoníase

A tricomoníase é uma infecção vaginal causada pelo protozoário Trichomonas Vaginalis que pode ser sexualmente transmissível, sendo por isso considerada uma DST (doença sexualmente transmissível). Esta infecção vaginal além de provocar corrimento esverdeado, causa também dor durante a relação sexual, cheiro desagradável, irritação e coceira genital, dor ao urinar e aumento da frequência urinária. Conheça todos os sintomas que esta doença pode causar em Tricomoníase.

Conheça a Fórmula de 5 Passos Para Combater a Candidíase

Clique no link abaixo para receber GRÁTIS o Mini Curso "Fórmula de 5 Passos Para Combater a Candidíase" e descubra exatamente o que fazer para acabar com a candidíase sem remédios, cremes ou consultas médicas.

Clique Aqui para Receber

Geralmente, a tricomoníase é tratada recorrendo ao uso de remédios antibióticos como o Metronidazol ou Tinidazol, que devem ser tomados 2 vezes por dia durante 5 a 7 dias de tratamento.

Vulvovaginite

A vulvovaginite é um inflamação que ocorre em simultâneo na vulva e na vagina, sendo a combinação de uma vulvite (inflamação na vulva) e de uma vaginite (inflamação do revestimento da vagina).

Esta inflamação além do Corrimento Esverdeado, causa também irritação, coceira, vermelhidão e inflamação genital, cheiro desagradável, desconforto ou sensação de queimação ao urinar.

A vulvovaginite pode ter diversas causas, pois pode ser causada por bactérias, fungos, vírus ou outros parasitas ou por substâncias químicas encontradas em espumas, sabonetes ou perfumes, por exemplo.

Geralmente, o tratamento da vulvovaginite pode ser feito recorrendo ao uso de remédios antibióticos, antifúngicos ou anti-histamínicos, dependendo do tipo e da causa da infecção.

Por exemplo, se vulvovaginite estiver a ser causada por uma alergia a algum produto deverão ser usados remédios para a alergia anti-histamínicos para tratar o problema.

Saiba mais sobre como é feito o tratamento desta doença em Tratamento para vulvovaginite.

Como tratar o corrimento amarelo esverdeado

Há algumas fases da vida em que é mais comum a ocorrência dos corrimentos vaginais, como no período que antecede a primeira menstruação e na menopausa.

Outra época em que os corrimentos é mais comum é no verão, porque o calor propicia a proliferação de bactérias e fungos, que gostam de ambientes abafados, quentes e úmidos, como a vagina.

Na gravidez, corrimento esverdeado também é possivelmente causado pela tricomoníase e não traz prejuízo ao bebê.

tratamento é feito usualmente com metronidazol, e não deixa sequelas.

O diagnóstico e tratamento deve ser feito por médico ginecologista.

5 Passos Para Combater a Candidíase de Forma Natural

Clique no link abaixo para receber GRÁTIS o Mini Curso "Fórmula de 5 Passos Para Combater a Candidíase" e descubra exatamente o que fazer para acabar com a candidíase sem remédios, cremes ou consultas médicas.

Clique Aqui para Receber

Continue Aqui, Veja Isso!
Chá de orégano para tratar Candidíase FUNCIONA?

Você também quer saber se chá de orégano para candidiase Ver Agora!

O cha de camomila pode te ajudar muito a acabar com a candidíase

A camomila é uma erva conhecida por suas propriedades calmantes Ver Agora!

Bicarbonato de sódio para candidíase realmente funciona?

Dentre as suas muitas utilidades, o bicarbonato de sódio para candidíase está Ver Agora!

Banho de assento com vinagre para tratar corrimento e candidíase

O banho de assento com vinagre pode ser uma alternativa Ver Agora!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *