O que é corrimento branco e como prevenir problemas mais sérios

corrimento-branco

O corrimento branco quando acompanhado de cheiro e consistência diferente do costume pode ser sinal de infecção vaginal como candidíase ou de alguma alteração na flora vaginal normal como a vaginose bacteriana.

Nestes casos, o corrimento vem acompanhado de outros sintomas, como ardência e coceira vaginal, sendo recomendado consultar o médico ginecologista logo que possível, para que este possa recomendar o melhor tratamento.

Porém, nem todo o corrimento é sinal de doença ou infecção, pois é normal na mulher existir a saída de pequenas quantidades de secreção branca ou transparente, fluida e sem odor, que mantêm a lubrificação vaginal.

Além disso, o corrimento semelhante à clara do ovo pode indicar o período fértil da mulher.

Principais causas do Corrimento Branco

O corrimento branco tipo leite coalhado quando acompanhado de outros sintomas como coceira, vermelhidão e sensação de queimação na região da vulva e vagina pode ter diferentes causas tais como a candidíase e a vaginose bacteriana.

como tratar o corrimento branco

Candidíase Vaginal

A Candidíase Vaginal é uma infecção muito comum na mulher que surge devido ao desenvolvimento do fungo Candida albicans, que além do corrimento de cor branca causa também coceira na região genital, ardor ao urinar, dor durante o contato íntimo e vermelhidão na região íntima.

Acesse Agora nosso para exclusivo e descubra como se livrar de vez da candidíase de simples e natural >>> Clique aqui e acesse

Vaginose bacteriana

A Vaginose bacteriana é uma alteração na flora vaginal normal, onde existe um maior desenvolvimento da bactéria Gardnerella vaginalis, que pode causar corrimento de cor branca, cinza ou amarela, cheiro desagradável semelhante a cheiro de peixe podre, coceira e ardência na região genital.

Corrimento branco: como evitar problemas mais sérios

O corrimento vaginal branco é comum e natural. Normalmente não é sinal de doença ou de problemas.

Conheça a Fórmula de 5 Passos Para Combater a Candidíase

Clique no link abaixo para receber GRÁTIS o Mini Curso "Fórmula de 5 Passos Para Combater a Candidíase" e descubra exatamente o que fazer para acabar com a candidíase sem remédios, cremes ou consultas médicas.

Clique Aqui para Receber

Mas alterações em sua cor, odor e textura podem ser indicativos de infecções bacterianas, fúngicas, outros problemas de saúde ou gravidez.

Existem algumas ações que podem ser tomadas para evitar que bactérias e fungos infectem a vagina.

Mantenha os hábitos de higiene

A higiene é a maneira mais fácil de evitar infecções vaginais. É importante que sabonetes específicos para higiene íntima sejam usados.

Isso porque o pH vaginal é sensível a sabão normal e alterações nele podem matar bactérias necessárias para a saúde vaginal e permitir que outras bactérias se instalem.

Lembre-se de que a utilização de sabonetes íntimos é para a parte externa da genital, a chamada vulva.

A parte interna (a vagina) não deve ter contato com sabão já que existem muitas chances de reações alérgicas acontecerem, além de o corpo possuir um mecanismo de auto-higienização para o interior vaginal.

Recomenda-se usar o sabonete íntimo apenas uma vez por dia, apesar de até 3 ser aceitável. Mais do que isso pode trazer problemas para a região.

Visite o ginecologista anualmente

O médico ginecologista é capaz de encontrar alterações no pH vaginal e agentes infecciosos nocivos no consultório e através de exames. A prevenção de qualquer tipo de corrimento passa pela visita frequente ao ginecologista.

Evite calcinhas úmidas

A umidade favorece a multiplicação de bactérias e fungos na região, portanto é importante evitar usar roupas íntimas molhadas ou úmidas, especialmente por longos períodos.

Evite roupas apertadas e calcinhas sintéticas

Roupas muito apertadas não permitem que a pele respire de maneira adequadamente, assim como calcinhas sintéticas.

Isso faz com que a temperatura da vagina se eleve, o que é ideal para a multiplicação de bactérias.

Usar calcinhas de algodão e roupas leves e soltas, especialmente em dias quentes, reduz as chances de infecção.

Use papel higiênico de frente para trás

O uso do papel higiênico deve ser feito da frente para trás.

As bactérias presentes na vagina dificilmente causam algum problema ao entrar em contato com o ânus, entretanto as bactérias intestinais podem causar infecções graves na vagina.

Portanto, o uso do papel higiênico deve ser feito da frente para trás, evitando levar as bactérias intestinais para a vagina.

Use preservativo

O preservativo é extremamente importante para evitar infecções e doenças sexualmente transmissíveis. Se houver bactérias no pênis do parceiro, elas podem se multiplicar na vagina e causar problemas.

Por isso, o preservativo é importante, especialmente quando não se conhece bem a higiene do parceiro.

 

 

5 Passos Para Combater a Candidíase de Forma Natural

Clique no link abaixo para receber GRÁTIS o Mini Curso "Fórmula de 5 Passos Para Combater a Candidíase" e descubra exatamente o que fazer para acabar com a candidíase sem remédios, cremes ou consultas médicas.

Clique Aqui para Receber

Continue Aqui, Veja Isso!
Tomar suco de limão para candidiase realmente funciona ou é furada?

Será que tomar suco de limão para candidiase realmente funciona? Ver Agora!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *